Palo Monte, um rito Congo em Cuba.

Autores/as

  • José da Silva Ribeiro Universidade Aberta de Portugal

Resumen

Juntaram-se em Cuba a partir do século XVI africanos provenientes de toda
a costa ocidental africana pertencentes a muitos grupos étnicos. Estes em contacto
com as culturas em presença (autóctone, espanhola, portuguesa, africanas)
desenvolveram diversos sistemas de crença, rituais e práticas mágico-religiosas.
No Século XIX o dia de Reis construía o momento mais alto da afirmação da
cultura africana em Cuba. Estas manifestações eram acompanhadas da coroação
de reis e rainhas Congo, figuras principais da festa e da vida social africana.

Descargas

Publicado

2007-12-12

Número

Sección

Selecta